7 raças de cachorros que vivem mais tempo

yorkshire-terrier-361730_960_720[1]
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A expectativa de vida vai depender mais da raça e do porte do animal.

Os cães são animais que fazem parte da vida de muita gente. A lealdade inerente à espécie faz com que eles sejam amigos de longa data de qualquer ser humano, estando presentes por muitos anos como excepcional companhia da família.

No entanto, tudo que nasce, um dia morre. Para a nossa tristeza, é sabido que os cachorros tendem a viver bem menos que nós, humanos. A média de idade desses bichinhos varia entre 10 a 13 anos. O que você pode desconhecer, porém, é que existem raças que tendem a viver um pouco mais.

Quando se pensa na idade de um cachorro, uma ideia recorrente é calcular os anos que o animal já tem e multiplicá-los por sete. Esse mito surgiu da suposição de que um cão saudável vive, em média, um sétimo do tempo que um ser humano. 

Um humano saudável chegaria facilmente aos 80 anos. Seguindo a ideia da multiplicação por sete, o cachorro teria essa idade ao atingir 12 anos. Porém, não dá para colocar todo animal nesse mesmo cálculo porque a idade vivida depende de diversos outros fatores, como genética.

A American Animal Hospital Association (Associação Americana de Hospitais Animais) tem como base de classificação de idade as diretrizes dos estágios caninos. Elas se distinguem entre filhote, júnior, adulto, maduro, sênior e geriátrico, indo do mais novo ao mais velho, respectivamente.

O que vai determinar, de fato, a expectativa de vida dos nossos pets é a raça e o tamanho do animal. Os cães de pequeno e médio porte tendem a viver bem mais que os cachorros grandes e gigantes.

Aliado a isso, fatores externos podem possibilitar uma maior qualidade de vida para o bichinho, a exemplo de uma alimentação balanceada (de acordo com o porte e a idade do animal) e atividades físicas (brincadeiras e caminhadas constantes).

Há cães que conseguem viver por até 20 anos ou pouco mais — uma idade quase que impensável para muitas espécies. A seguir, conheça quais são as raças que vivem mais tempo.

Chihuahua

Este pequenino com fama de encrenqueiro é um verdadeiro guerreirinho, pois, no ranking de idade, o Chihuahua está em primeiro lugar. Ele pode viver de 12 até pouco mais de 20 anos. Para quem mora em espaços menores, é um bom companheiro.

Beagle

Se o seu Beagle for bem cuidado, provavelmente poderá chegar com facilidade aos 16 anos. O que acontece é que, por ser gulosa, geralmente essa raça é acometida por problemas gerados pela obesidade, bem como algumas alergias — ainda assim, nada que tire a vida do seu pet com muita rapidez.

Dachshund

O “Salsichinha”, como é popularmente conhecido, é outra raça que tende a viver um pouco “além da conta”. O Dachshund pode chegar a 15 anos, em média. Os problemas de saúde desses bichos estão invariavelmente relacionados a doenças na coluna.

Lhasa Apso

O Lhasa Apso, de origem tibetana, também vive até cerca de 15 anos — raça que, muitas vezes, é confundida com o Shih Tzu. Apesar de ser desconfiado e latir bastante, essa raça também é uma ótima opção para quem busca lealdade ao extremo.

Maltês

A média de vida de um Maltês varia entre 12 e 15 anos. Essa raça tem características bem peculiares, como postura altiva, inteligência e muita graciosidade.

Poodle

Quem não poderia ficar de fora desse ranking é o Poodle, muito lembrado por conta da docilidade e do companheirismo irrestrito. Apesar de ser considerada uma das raças mais inteligentes de cachorros, ela precisa ser estimulada desde cedo. A expectativa de vida gira em torno de 10 a 18 anos.

Yorkshire Terrier

Muito comum em apartamentos e casas menores, o Yorkshire Terrier virou uma verdadeira febre nos últimos anos. Esses pequeninos podem viver de 12 a 15 anos facilmente.

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no tumblr