Qual a diferença entre tristeza e depressão

hora de procurar um medico
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A tristeza é uma emoção humana que todas as pessoas sentem em determinados momentos de suas vidas. É uma dos principais problemas tratados pela psiquiatria. Sentir-se triste é uma reação natural a situações que causam transtorno emocional ou dor. Existem vários graus de tristeza. Mas, como outras emoções, a tristeza é temporária e desaparece com o tempo. Dessa forma, a tristeza difere da depressão. A depressão é uma doença mental de longo prazo. Isso prejudica as áreas sociais, ocupacionais e outras áreas importantes do funcionamento. Se não forem tratados, os sintomas da depressão podem durar muito tempo.

Quando a pessoa está triste, às vezes pode parecer abrangente. Mas você também deve ter momentos em que possa rir ou ser consolado. Nesse fator, a depressão também é diferente da tristeza. Com a depressão, os sentimentos que você tem afetarão todos os aspectos de sua vida. Pode ser difícil ou mesmo impossível encontrar prazer em qualquer coisa, incluindo atividades e pessoas que você costumava gostar. À vista disso, a depressão é uma doença mental, não uma emoção.

Os sintomas de depressão podem incluir:

  • – Sentimentos constantes de tristeza;
  • – Fadiga;
  • – Mudanças nos padrões de sono e de alimentação;
  • – Dificuldade de concentração;
  • – Perda de interesse e entusiasmo por coisas que costumavam proporcionar prazer;
  • – Sentimentos de culpa profunda e injustificada;
  • – Sintomas físicos, como dores de cabeça ou no corpo que não têm uma causa específica;
  • – Sentimentos de inutilidade;
  • – Pensamentos constantes sobre a morte;
  • – Pensamentos ou ações suicidas;
Diferença Entre Tristeza E Depressão
Tristeza ou Depressão?

Você pode ter alguns desses sintomas se estiver triste, mas eles não devem durar mais de duas semanas. Quanto aos pensamentos suicidas, são um sinal de depressão, não de tristeza.

Os profissionais de saúde mental usam critérios para ajudar a determinar se alguém está triste ou deprimido. Você pode receber um diagnóstico de depressão ou transtorno depressivo persistente se atender aos critérios. Os critérios normalmente incluem alguns sintomas potenciais de depressão. A gravidade de cada sintoma também é avaliada como parte do processo de diagnóstico. São eles:

  • – Sentindo-se deprimido ao longo de cada dia, na maioria ou todos os dias;
  • – Falta de interesse e prazer em atividades que você costumava achar prazerosas;
  • – Dificuldade em dormir ou dormindo muito;
  • – Dificuldade em comer ou comer demais, juntamente com ganho ou perda de peso;
  • – Irritabilidade, inquietação ou agitação;
  • – Fadiga extrema;
  • – Sentimentos injustificados ou exagerados de culpa ou inutilidade;
  • – Incapacidade de se concentrar ou tomar decisões;
  • – Pensamentos suicidas, ou pensar muito sobre a morte.

A depressão pode ocorrer em homens e mulheres e crianças de qualquer idade. Existem vários fatores de risco para a depressão. Contudo, ter um ou mais fatores de risco não significa que você ficará deprimido. Os fatores de risco incluem:

  • – Traumas na infância ou na adolescência;
  • – Incapacidade de lidar com um evento de vida devastador, como a morte de um filho ou cônjuge, ou qualquer situação que cause níveis extremos de dor;
  • – Baixa auto-estima;
  • – Histórico familiar de doença mental, incluindo transtorno bipolar ou depressão;
  • – História de abuso de substâncias, incluindo drogas e álcool;
  • – Falta de aceitação da família ou sociedade para se identificar como LGBT+;
  • – Problemas para se ajustar a uma condição médica, como câncer, derrame, dor crônica ou doença cardíaca;
  • – Problemas para se ajustar às mudanças corporais devido a lesões catastróficas, como perda de membros ou paralisia;
  • – História de transtornos mentais anteriores, incluindo anorexia, bulimia, transtorno de estresse pós-traumático (PTSD) ou transtorno de ansiedade;
  • – Falta de um sistema de apoio, como amigos, família ou colegas de trabalho;

A depressão também é um possível efeito colateral de alguns medicamentos. Se você está preocupado com o fato de que um medicamento que está tomando está afetando seu humor, converse com seu médico. Alguns medicamentos que podem causar depressão incluem: bloqueadores beta, corticosteroides, medicamentos hormonais, estatinas (medicamentos usados ​​para tratar o colesterol alto).

Se você está passando por um período de tristeza, mudanças no estilo de vida pode ajudar. Você também pode procurar ajuda profissional psicológica e/ou médica. A depressão é tratável. Entretanto, mudanças simples no estilo de vida podem não ser suficientes para ajudar na sua recuperação. Psicoterapia e alguns remédios podem ajudar bastante no tratamento dos sintomas.

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no tumblr