Como avaliar a fluência em Francês?

mala de viagem com as cores da França
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Muitas pessoas podem colocar em seus currículos que são fluentes em uma língua, mas para avaliar essa fluência em Francês, justamente para poder ter a certificação sobre o real conhecimento da língua. 

Mas, como é possível avaliar a fluência em Francês? Falaremos sobre isso, confira! 

  1. Por que avaliar a fluência em Francês é importante? 

Avaliar a fluência em Francês é essencial pelas seguintes razões: 

  • Avaliar seu real conhecimento da língua; 
  • O diploma é reconhecido em qualquer lugar do mundo, por diferentes países; 
  • Aplicação para universidades francesas; 
  • Conseguir um emprego em uma empresa na França;
  • Enorme diferencial no mercado de trabalho;
  • Aumenta a confiança. 
  1. Como avaliar a fluência em Francês? 

Para avaliar a fluência em Francês, existem alguns testes que você pode fazer após a conclusão do curso de Francês

  1. 1. DELF e DALF 

O DELF significa Diplôme d’Études en Langue Française. Já o DALF é Diplôme Approfondi de Langue Française. Ambos são testes que oferecem diplomas, reconhecidos pelo Ministério da Educação Francesa. 

Existem diferenças entre o DELF e o DALF. No DELF, são avaliados os níveis básico e intermediário de domínio da língua. Por outro lado, no DALF, o domínio da língua é avaliado em nível avançado. 

  1. Quais são os diferentes níveis de DELF e DALF? 

Conforme já dissemos, o DELF e DALF avaliam o domínio no Francês, conforme os níveis básico, intermediário e avançado, respectivamente. 

Assim, os níveis são estruturados da seguinte forma: 

NívelDELFDomínio da língua
A1DELF A1Básico
A2DELF A2
B1DELF B1Intermediário
B2DELF B2
NívelDALFDomínio da língua
C1DALF C1Avançado
C2DALF C2
  1. Quanto custa fazer o DELF e DALF? 

Os preços dos exames variam conforme o nível e os valores são cobrados em Euros, ou seja, não são exames muito baratos, uma vez que o Euro está custando caro, em relação ao Real. 

Abaixo, estão os valores conforme o nível do exame: 

  • A1: 76 Euros; 
  • A2: 98 Euros; 
  • B1: 126 Euros; 
  • B2: 146 Euros; 
  • C1: 200 Euros; 
  • C2: 216 Euros.

Para fazer esses exames, é necessário acessar o site oficial (www.ciep.fr), no qual há informações sobre os locais credenciados.  

  1. 2. TCF 

Ao contrário do DELF e DALF, no TCF (Test de Connaissance du Français), ao ser aprovado, você não recebe um diploma, mas sim um certificado com validade por 2 anos. 

A inscrição para o TCF é também pelo site oficial www.ciep.fr

  1. 3. DU 

DU significa Diplôme d’Université, ou seja, é um exame voltado para universidades francesas. Eles são aplicados conforme o Quadro Europeu comum de Referência para Línguas (CECRL). 

Alguns exemplos desses diplomas são o DUEF, FOU e FOS. 

Mas, embora o nome diga “diploma”, esses testes não fornecem diplomas nacionais como o DELF e DALF. São apenas para universidades específicas. Muitas vezes, as próprias universidades de interesse já apresentam as opções de exames aceitos por elas. 

Assim, a validade desses exames é somente dentro das próprias universidades escolhidas e não para outras instituições ou para busca de emprego, por exemplo. 

  1. O que esses exames avaliam? 

Tanto o DELF, quanto DALF e TCF avaliam a capacidade de compreensão oral e escrita do candidato. 

Além disso, os exames podem colocar o candidato em situações nas quais ele precisa se comunicar, tal como em uma situação hipotética, para demonstrar o conhecimento na língua. 

O tempo para fazer cada prova varia conforme o nível. Por exemplo, no caso do DELF, nível A1, a prova dura 1 hora e 20 minutos. Já no nível DALF, C2, mais avançado, tem duração de 5 horas, justamente por ser uma prova mais longa e mais avançada.

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no tumblr