Enem 2020: o que cai na prova de Ciências da Natureza

prova de ciências da natureza
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

No dia 17 de janeiro, mais de 5,6 milhões de alunos que se inscreveram nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na versão impressa irão se submeter a primeira prova. Mesmo com o pouco tempo que ainda resta antes da primeira prova, ainda dá tempo de se organizar e estudar.

Com base nas edições passadas e uma análise das provas já aplicadas anteriormente, criamos uma lista com sugestão de assuntos que terão grandes chances de cair na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias. A partir dela, o que será avaliado serão os conhecimentos específicos de Química, Física e Biologia.  Obter uma boa nota no exame é muito importante para quem busca uma vaga em Medicina em Universidades Públicas em todo o país.

Assim como ocorre com os demais três grupos de matérias, que são as Ciências Humanas e suas Tecnologias, as Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e a Matemática e suas Tecnologia, o prova que será aplicada de Ciências da Natureza contém 45 perguntas objetivas de múltipla escolha, onde o candidato apenas marca a opção correta com base em seus conhecimentos e nas opções disponíveis.

Revisar conceitos

Ao contrário do que muitos fazem, não é necessário decorar as equações desesperadamente, o mais crucial nesta reta final dos estudos para aperfeiçoamento é que o aluno possa focar na revisão de conceitos práticos, de acordo informações recomendadas pelo professor mestre em Física, Rafael Teixeira.

“Para esses dias que antecedem o Exame Nacional do Ensino Médio, os estudantes devem revisar os conceitos fenomenológicos que envolvem a Física. É fundamental o aluno conhecer a definição de Energia e a suas diferentes formas de se manifestar”.   

Ler com atenção

Manter a atenção na leitura das perguntas para poder fazer a interpretação corretamente também é requisito importante para conseguir obter um bom desempenho nas provas. Na matéria de Física, por exemplo, o aluno deve se atentar quanto aos símbolos que são utilizados, quais as unidades de medidas e quais fórmulas para cálculo.

“Às vezes, o Enem foge à regra do Sistema Internacional, no que diz respeito às unidades. Então, é interessante o aluno ficar atento a quais são as unidades apresentadas no problema para que ele possa, se for preciso, fazer as mudanças necessárias dessas unidades”. Nesses casos, o candidato poderá abrir mão da famosa regra de três, de tabelas prontas ou qualquer recurso que seja desnecessário no momento.

“O Enem pode passar a questão toda trabalhando com unidades que não são do Sistema Internacional, mas cobrar a resposta pelas unidades do Sistema. Isso vai estar muito claro no comando da questão. E o aluno vai ter que fazer as conversões de todas as unidades que foram apresentadas no problema”, ressalta o professor Rafael.

Utilizar repertório

Além de o candidato precisar despender de certa atenção quanto aos conceitos e ao que é solicitado em cada questão, para os vestibulandos de iniciantes do Enem, deverão também estar ciente de que o exame, propõe que a aplicação de seu conhecimento em todas as áreas de estudo, e, em diferentes contextos.

Na lista abaixo, consta, com base em dados anteriores e previsões de especialistas, as sugestões de conteúdos que será aplicado na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 

Química

– Compostos Orgânicos;
– Estequiometria (Balanceamento e Cálculos Químicos);
– Termoquímica (Variação de entalpia e Lei de Hess);
– Soluções;
– Equilíbrio Químico;
– Propriedade dos Compostos;
– Modelos atômicos;
– Eletroquímica; 
– Compostos Orgânicos (Isomeria e reações orgânicas).

Física

– Energia (Qual a definição e suas distintas maneiras de manifestação: Térmica, Elétrica, Luminosa e Mecânica);
– Fenômenos Ondulatórios; 
– Circuitos Elétricos e seus funcionamentos (Resistência, Corrente e Potência);
– Unidades de medidas (Quais os existentes e como converter corretamente para as unidades do Sistema Internacional de Medidas);
– Cinemática;
– Dinâmica;
– Energia;
– Termologia;
– Óptica; 
– Magnetismo.   

Biologia

1) Ecologia 
– Ação antrópica do homem;
– Interações ecológicas;
– Ciclos biogeoquímicos (especialmente, o Ciclo do Nitrogênio e Carbono). 

2) Citologia e fisiologia celular    
– Membrana plasmática (transporte, estrutura e função da membrana); 
– Função das organelas (fazer a ligação da função das organelas com determinados problemas de saúde); 
– Núcleo e material genético (função, estrutura do DRN e RNA).  

3) Fisiologia animal e humana   
– Sistema endócrino (hormônios e problemas relacionados a eles); 
– Sistema imunológico (especialmente os tipos de imunização, vacina e soro, imunidade de rebanho relacionado à Covid-19, resposta imune); 
– Sistema cardiovascular.

4) Programa de saúde  
– Doenças transmitidas por vetores (como a dengue, febre amarela, mal de chagas);
– Primeiros socorros;  
– Problemas de saúde pública (obesidade, drogas, etc.). 

5) Genética 
– Transgênicos;  
– Biotecnologia associada à genética; 
– Mutações e edição de DNA, evolução.  

6) Evolução 
– Teoria da evolução (Lamarck x Darwin);  
– Teoria endo simbiótica;
– Epigenética. 

7) Zoologia e classificação 

8) Botânica 

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no tumblr