8 Etapas Essenciais Para Planejar Uma Viagem Internacional

planejar viagem internacional
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Fazer uma viagem internacional é o sonho de inúmeras pessoas, afinal de contas, há muitas coisas para conhecer, explorar e aproveitar em outro país!

E quando esse momento finalmente chega é preciso estar preparado, pois esse tipo de viagem requer alguns cuidados…

Sendo assim, pensando nesses pontos que nós fizemos o artigo de hoje! Nele, você vai conferir quais são as 8 etapas essenciais para planejar uma viagem internacional.

Vamos lá?

Planejamento para viagem internacional: 8 etapas essenciais

1. Documentação

Viajar para fora do país tem lá as suas burocracias, sendo que uma das principais refere-se aos documentos de viagem.

Na maioria dos casos, você precisará apenas de um passaporte válido. Porém, dependendo do destino, você também terá que apresentar um Visto válido e/ou um Certificado Internacional de Vacinação para poder entrar no país.

Por isso, antes de qualquer coisa, verifique quais documentos são necessários para você poder viajar e veja se você já tem eles.

Se já tiver, ótimo, menos uma coisa para resolver. Agora, se não tiver, você terá que se informar e dar entrada o quanto antes para emiti-los.

Jamais deixe para fazer isso perto do dia da sua viagem. Sabe por quê? Porque nem sempre essas emissões são rápidas, fora que imprevistos podem acontecer.

Portanto, resolva o assunto “documentação” com antecedência para não ter dor de cabeça depois, ok?

Ah! E uma dica importante ainda sobre este assunto: leve em sua viagem cópias de todos os seus documentos e comprovantes de maneira impressa e digital. Assim, se houver qualquer problema com eles, você não ficará de “de mãos abanando”.

Agora vamos para a próxima etapa!

2. Passagens

Se você vai fazer uma viagem internacional, obviamente você precisará comprar as passagens para poder embarcar e entrar em outro país.

Por isso, novamente com antecedência, comece a pesquisar os valores, veja os preços em diferentes companhias áreas, avalie se em determinado dia ou horário os valores estão mais interessantes e não deixe de acessar sites como o Kayak, Skyscanner, Decolar, MaxMilhas, Viajanet, etc.

Isso porque, esses sites te ajudam a encontrar os melhores preços e ofertas de passagens! E, cá entre nós, quem não gosta de economizar, não é mesmo?

3. Reservas

Tudo que for possível reservar antes de viajar, reserve. Isso vale desde a hospedagem até passeios e atrações.

Sabe por quê? Imagine que você queira ir muito em uma atração e, ao chegar no destino para comprar os ingressos, você descobre que eles estão esgotados no único dia que você poderia ir. Situação nada legal, não é mesmo?

Pois então, se você fizer as reservas antes, você evita passar por este tipo de situação.

Inclusive, se no dia da sua viagem você for com seu carro até o aeroporto, não deixe de reservar uma vaga em um estacionamento aeroporto Guarulhos, caso você seja de São Paulo.

Dessa forma, você viaja tranquilo e deixa o seu veículo em um local seguro. E já que falamos sobre segurança…

4. Seguro viagem

Mesmo que você faça um ótimo planejamento e tenha todos os cuidados necessários em relação a sua viagem internacional, imprevistos podem acontecer.

Portanto, é de suma importância que antes de viajar, você contrate um seguro viagem! Dessa forma, em caso de problemas e contratempos, você estará assegurado.

Isso vale, inclusive, para situações que envolvem atendimento médico no exterior. Você já viu quanto custa uma consulta em países da Europa e nos Estados Unidos?

São valores bem altos! E caso você não tenha seguro, terá que pagar do próprio bolso – o que pode prejudicar a continuidade da sua viagem ou até mesmo acabar com ela.

É melhor prevenir do que remediar.

5. Transporte

Você já sabe como irá se locomover no destino? Uber? Táxi? Transporte público? Ou você pretende alugar um carro?

Pensar no transporte também é uma etapa essencial no planejamento da sua viagem, pois você irá para diversos lugares enquanto estiver no destino e nem sempre vai dar para fazer tudo a pé.

Portanto, antes de viajar, pesquise sobre os tipos de transporte disponíveis no país e veja o que mais vale a pena.

E caso você queira alugar um carro, atente-se a três pontos importantes:

  • Se é preciso a PID – Permissão Internacional para Dirigir;
  • Se já dá para fazer a reserva do veículo – pois, como dissemos, fazer isso com antecedência é melhor para garantir e não ter problemas depois;
  • E quais os gastos que você terá. Ex: gasolina, estacionamento e pedágios.

6. Moeda estrangeira

Se você vai viajar para outro país, você precisará da moeda local para poder fazer compras e efetuar pagamentos. Talvez seja dólar, euro, libra, peso…

Enfim, o importante é que você compre a moeda estrangeira com antecedência para que possa usá-la no destino.

E por que com antecedência? Porque assim você pode ir acompanhando a variação do câmbio e ir pesquisando onde tem os preços mais atraentes.

Por exemplo, você pode comprar a moeda em uma casa de câmbio, no seu banco ou em agências de turismo. O importante é pesquisar bem.

Além disso, uma dica: não leve comente dinheiro em espécie para a sua viagem internacional, afinal, e se você perder o dinheiro? Ou pior, ser roubado? Vai ficar sem nada no destino? Não, né?

Portanto, além do dinheiro em espécie, leve um cartão pré-pago internacional ou um cartão de crédito. Não dependa de apenas um meio de pagamento, ok?

7. Roteiro

Finalmente chegamos a uma etapa mais interessante do planejamento: a de montar o seu roteiro de viagem!

Para isso, é essencial que você considere os dias que você ficará no destino e o orçamento que você tem disponível. Até porque, você não quer viajar para fazer dívidas, certo?

Portanto, avalie esses dois pontos e veja quais os lugares e atrações que quer conhecer, bem como os passeios que pretende fazer.

Pesquise bastante na internet, verifique informações como endereços e horários, e coloque tudo em um arquivo de Word ou até mesmo em uma folha de papel para você ter tudo bem organizado.

Além disso, veja se há atrações e lugares que ficam próximos, assim você pode aproveitá-los no mesmo dia e não precisará ficar gastando com transporte.

8. Bagagem

Por fim, mas não menos importante, precisamos falar sobre a bagagem, afinal, você precisa de roupas e outros itens para poder viajar.

Sendo assim, a dica de ouro aqui é: quando for montar suas malas, veja na internet como estará o clima do país durante o período que você estiver lá.

Dessa forma, com essa informação em mãos, você poderá montar uma bagagem muito mais assertiva e sem levar roupas e itens desnecessários.

Por exemplo, se você vai para a Alemanha durante o inverno de lá, não tem muito sentido levar shorts, bermudas e regatas, não é mesmo? A não ser que você queira passar frio.

Portanto, seja inteligente ao escolher as suas peças e monte sua bagagem de maneira estratégica, levando somente aquilo que é essencial e deixando um pouco de espaço para as “comprinhas”, pois, como sabemos, elas sempre acontecem.

Pronto! Agora você já está muito mais preparado para planejar a viagem internacional!

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no tumblr