Blog

Indústria da música ganha sistema de gerenciamento

Be Sociable, Share!

A adoção do mesmo critério para o gerenciamento de dados, sem etapas burocráticas desnecessárias e mais facilidade para o fechamento de negócios.  O Sistema de Gerenciamento Fonográfico (SGF) é a materialização deste projeto, que foi apresentado nesta quinta-feira (27), no auditório do Sebrae/RJ para diversos representantes desta indústria. A instituição é um dos parceiros deste trabalho realizado com a ABMI e BID.

Um dos pontos mais importantes do SGC é a conversão de linguagem entre as plataformas digitais. Isto permite a transferência do conteúdo dos fonogramas, sem a necessidade de refazer as informações a cada vez que elas precisam ser enviadas para empresas de divulgação ou órgãos como o Ecad por exemplo. O sistema ainda prevê a geração de relatórios, já com o cálculo de pagamento de royalties e direitos autorais.

Dividido em três itens, o SGC prevê espaços para Cadastro, Ferramentas e Consultas. Tal disposição permite, por exemplo, a inserção de informações padronizadas, a localização mais simples de informações como ritmo, data de criação da obra, autor e o álbum correspondente. Mas o maior ganho é o ISRC, registro internacional.

“Este é um momento importante para a cadeia produtiva da música, até porque as demandas surgiram a partir do Estrombo. Gostaria também de registrar o apoio do  Sebrae Nacional, importante para disseminar este sistema além do Rio de Janeiro”,  avaliou a gerente de Economia Criativa, Heliana Marinho, do Sebrae/RJ.

“Investimos em uma interface amigável para aprimorar a eficiência e, consequentemente, possa contribuir para o aumento do número de bons negócios. Ainda estamos buscando fórmulas para que o sistema seja o mais amplo possível, sem ficar limitado apenas aos associados da ABMI”, ressaltou a diretora executiva da associação, Luciana Pegorer.

“Acho que este sistema vai facilitar bastante a vida da gente. Qualquer ferramenta que resolva questões burocráticas é bem-vinda, porque dá mais impulso aos negócios e confere maior visibilidade as pequenas empresas”, diz o produtor fonográfico da Cross Music, Vinícius Sauerbronn, resumindo o sentimento da maioria.

Be Sociable, Share!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Farol Digital

 

Siga o @estrombo

Facebook