Blog

Qual a importância da “arte de capa” do álbum na cultura digital?

Be Sociable, Share!

Vinyl Heaven

Com a desmaterialização da música, muitos achavam que o álbum – entendido aqui como um projeto fechado proposto pelo artista – acabaria. A possibilidade de comprar ou baixar as músicas individualmente estariam levando à derrocada do produto mais consolidado da indústria fonográfica.

Um dos principais elementos componentes do álbum é, sem sombras de dúvida, a capa. Desde os anos 50, quando a indústria fonográfica começava a se consolidar, músicos viam que a capa era uma outra forma de comunicar a música. Muitas vezes, a capa cumpre a função de traduzir visualmente as faixas ou o nome do disco. Em outro casos, trata-se de uma escolha nada aleatória da imagem que determinada banda quer passar para o público.

Assim, são incorporadas à cadeia produtiva da música fotógrafos, desenhistas, designers, todos eles deixando suas marcas nos trabalhos dos músicos. Nos anos 60 e 70, a capa tornou-se uma importante parte da nossa cultura, ganhando status de coleção, especialmente através de bandas como Pink Floyd, Queen e The Rolling Stones.

Álbuns

As capas de disco já estão de tal maneira presentes no nosso imaginário que até os novos formatos de áudio digital e tocadores de música incorporaram no seu design um espaço para inserirmos as fotos do disco. Assim, mesmo quando não temos a capa do vinil ou CD em mãos, podemos ser afetados por essas criações.

Acompanhe o Estrombo também nas nossas redes: Twitter, Facebook e Youtube.

Com informações do Music Think Tank

Foto: Vinyl Heaven, por realsmiley, CC BY 2.0

Be Sociable, Share!

Posts relacionados

1 comentário

  1. [...] parte da discussão anterior sobre a importância das capas de discos, esse caso mostra na prática como a imagem é importante na complementação de um trabalho [...]

Deixe um comentário

Farol Digital

 

Siga o @estrombo

Facebook