Blog

Instagram na divulgação e produção de conteúdo musical

Be Sociable, Share!

Instagram é um aplicativo mobile que turbina as fotografias tiradas com diversos filtros de apelo vintage, ao mesmo tempo que utiliza a mecânica do Twitter – seguir, ser seguido e mensagens de poucos caracteres – e integração com outras redes sociais, como o próprio Twitter e Facebook. Até agora, o app só existe para o iPhone, mas os desenvolvedores já expressaram vontade de expandir para outras plataformas. Em teoria, ele não foi pensado com fins musicais, mas alguns artistas encontraram no aplicativo um meio de promover suas músicas. Aqui, comentaremos sobre dois casos recentes: o do Moby e o da banda The Vaccines.

“Destroyed”, o álbum mais recente de Moby, foi lançado em um website dedicado que integra Soundcloud e Instagram. Na página, somos saudados com uma mensagem do artista e podemos interagir com a imagem do mapa que aparece a seguir, enquanto escutamos o álbum por streaming.

Os pontos brancos levam para fotos tiradas pelo próprio Moby em cidades e quartos de hotel ao redor do mundo, onde as músicas de Destroyed foram compostas. Os fãs também podem inserir suas próprias fotos no mapa – representadas pelos pontos pretos – adicionando a hashtag #destroyed às legendas de suas imagens feitas com o Instagram.

Outro uso interessante do aplicativo está sendo feito pelo The Vaccines, uma banda inglesa de rock que estourou este ano com resenhas bastante positivas do primeiro álbum: “What Did You Expect From The Vaccines?”. O videoclipe para a música “Wetsuit”, o próximo single, será composto com fotos de Instagram feitas por usuários em festivais de música. Assim como no caso anterior, essas fotos também vão para um website dedicado através da hashtag #vaccinesvideo, que atualiza a galeria na página em tempo real.

Essas ações apontam para algumas questões muito interessantes sobre a música digital. A primeira delas é a retomada de um apelo visual do álbum físico, perdido com os arquivos de áudio digitais. Outra, é contar com o público para desempenhar, nesses casos, duas funções principais: divulgação e produção de conteúdo. Publicando fotos usando as hashtags na legenda, não só eles levam suas fotos para os espaços criados por esses artistas, como divulgam para a sua lista de seguidores o produto em si, seja a música, o videoclipe ou o website, propagando a mensagem entre seus amigos.

Acompanhe o Estrombo também nas nossas redes sociais: Twitter, Facebook e YouTube.

Fontes consultadas: Mashable e Simply Zesty.

Dica de leitura: 10 Instagram tips for bands, by bands.

Be Sociable, Share!

Outros posts

1 comentário

  1. [...] artistas e fãs de música se apropriem da rede social, assim como aconteceu com o Twitter e com o Instagram. O Hypebot, influente site sobre novas tendências na cultura da música, possui um perfil na rede [...]

Deixe um comentário

Farol Digital

 

Siga o @estrombo

Facebook