Blog

Seminário: “Estratégias de distribuição física e virtual”, dia 24 no Rio

Be Sociable, Share!

A indústria fonográfica pode estar passando por uma crise – a música, não. É verdade que a venda de música digital aumentou em 2010, mas ainda existem muitos modelos de negócios a serem criados e testados e, no Brasil, já vemos surgir alguns canais e iniciativas criativas que exploram essas oportunidades.

O projeto Estrombo está estruturado em quatro focos estratégicos: articulação do setor, capacitação e assessoramento; promoção e comercialização por meio de redes sociais, games e aplicativos móveis; dinamização de espaços culturais no Estado do Rio de Janeiro; difusão e replicabilidade. Um dos objetivos é articular eventos onde empreendedores da cadeia produtiva da música possam discutir oportunidades, visando o desenvolvimento de modelos de negócio por esses novos canais de distribuição.

Na próxima quinta-feira, dia 24, das 15h às 18h, acontecerá um debate sobre estratégias de divulgação física e virtual no Centro de Referência do Artesanato Brasileiro, na Praça Tiradentes, no Rio. Participarão do evento como debatedores  Felipe Rodarte do selo Toca Discos, Guilherme Viotti do Direito Musical e do Matanay, Paulo Monte do Bolacha Discos, Leo Rivera do Astronauta Discos e Daniel Domingues da Ponte Plural.

O debate contribui para o desenvolvimento de novos modelos de negócios para a música no estado do Rio de Janeiro, através da utilização de ferramentas da web 2.0. A proposta é incentivar ideias para, depois, transformá-las em projetos: base da economia criativa, conceito abraçado pelo Estrombo.

O Rio de Janeiro é um dos estados do país que mais possui pessoas trabalhando nas indústrias criativas. No entanto, esses profissionais não estão completamente articulados. O seminário é um dos passos rumo ao objetivo maior do projeto: gerar negócios na cadeia produtiva da música no estado através da articulação entre os diversos profissionais envolvidos e do uso das novas tecnologias digitais e da internet.

Inscrições gratuitas pelo 0800-570-0800.

Seminário “Estratégias de distribuição física e virtual”
Centro de Referência do Artesanato Brasileiro
Praça Tiradentes, 71 – Rio de Janeiro
Dia 24/02 – 15h às 18h

Acompanhe-nos também nas nossas redes: Twitter, Facebook, YouTube e Flickr.

Be Sociable, Share!

Posts relacionados

2 comentários

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Gustavo Leão, Rafael Cavalcanti, Rafael Cavalcanti, Estrombo, Sebrae/RJ and others. Sebrae/RJ said: Já se inscreveu? http://bit.ly/fpYhTP [...]

  2. Um amigo meu esteve neste seminário. Alguém perguntou sobre a existência de selos de música instrumental e todos desconheciam?
    O meu selo, Delira Música, está indo para o oitavo ano de atividade. Temos em nosso catálogo Turibio Santos, Victor Biglione, Carlos Malta, Marcos Ariel, Mauricio Einhorn, Gilson Peranzzetta, Pascoal Meirelles, Gabriel Grossi, Torcuato Mariano, muitos outros; e discos de blues e jazz, de mpb de vanguarda…
    A Biscoito Fino tem mais de 10 anos, vários discos de música instrumental lançados, e ninguém conhece? E a Rob Digital, que tem também distribuição própria de seu riquíssimo catálogo?
    Todos esses selos possuem também distribuição digital largamente disseminada no mundo inteiro.
    O Estrombo vai falar de qual distribuição? Quero sinceramente saber.
    Existe uma lógica de mercado, que já mapeia as modernas oportunidades de negócios. Nossa missão atual é repensar a cadeia produtiva da música, para que ela crie riqueza e não inexista no futuro.
    Distribuição é uma de suas pernas, não é só facebook e tocar em festivais de rock. Há uma pluralidade inerente ao universo musical, originada no próprio fazer musical que terá que ser considerada.
    “Estratégias de distribuição física e virtual” é o nome do seminário.
    Espero que este projeto tenha ciência da amplitude da música, pois assisto há tempos um reducionismo empobrecedor nesse tema.
    Abs,
    Marcelo.

Deixe um comentário

Farol Digital

 

Siga o @estrombo

Facebook