Tags

Archive for janeiro, 2015

Startup cria serviço de entrega de vinis por assinatura

Embora o disco de vinil tenha atingido o ápice de vendas nas décadas de 70 e 80, o que se viu depois disso foi uma vertiginosa queda na aquisição das tradicionais “bolachas”. Entretanto, de 2008 para cá, a compra desse tipo de formato tem aumentado, criando demanda suficiente para que as bandas façam seus lançamentos nos saudosos bolachões.

É neste cenário que surge o VYNL, serviço de distribuição de LP’s similar ao Netflix, de séries e filmes, com uma considerável diferença: o produto chega diretamente na casa do assinante pelo correio.

Criado por Nick Alt, programador de 35 anos, o site oferece uma lista de “vibes” (#gamenight, #rainyday, por exemplo) e, a partir dessa seleção, a pessoa recebe três álbuns com o tema escolhido. Os que ela gostar podem ser adquiridos por $12 (além da mensalidade pelo serviço que custa $15), e o restante pode ser enviado de volta até o final do mês.

O projeto foi financiado via Kickstarter, cuja meta era arrecadar $10.000 para sua criação. Ao término do período de doação, o VYNL conseguiu quase quatro vezes mais do valor proposto, com a quantia de $36.000.

Atualmente, para utilizar o serviço, é preciso cadastrar e-mail no site do VYNL e aguardar o recebimento do convite. A primeira leva de LP’s está prevista para ser entregue aos usuários em fevereiro.

Os concorrentes da música no Oscar


Os indicados à mais importante premiação do cinema, o Oscar, foram revelados, e além das categorias tradicionais, relacionadas a diretores e atores, vieram também as indicações para duas categorias musicais.

Nomes como Tegan And Sara John Legend irão concorrer ao famigerado prêmio e você pode ver a lista logo abaixo.

A cerimônia de premiação acontece no dia 22 de Fevereiro.

Melhor Canção Original

  • John Legend e Common – “Glory” (Selma)
  • Lonely Island e Tegan And Sara – “Everything Is Awesome” (Uma Aventura LEGO)
  • Rita Ora – “Grateful” (Além das Luzes)
  • Gregg Alexander, Adam Levine, Keira Knightley – “Lost Stars” (Mesmo Se Nada Der Certo)
  • Glen Campbell – “I’m Not Gonna Miss You” (Glen Campbell: I’ll Be Me)

Melhor Trilha Original

  • Jóhann Jóhannsson – por “A Teoria de Tudo”
  • Alexandre Desplat – por “O Jogo da Imitação” e “O Grande Hotel Budapeste”
  • Hans Zimmer – por “Interestelar”
  • Gary Yershon – por “Sr. Turner”

Farol Digital

 

Siga o @estrombo

Facebook