Tags

Archive for agosto, 2011

“Seminário Arte & Negócios” no CineMúsica 2011

A 5ª edição do Festival CineMúsica acontece entre 7 e 11 de setembro, em Conservatória. O evento promove o encontro entre cinema e música e em 2011, vai girar em torno do tema Sertanejo. A programação é gratuita e serão exibidos mais de 50 filmes.

Durante o festival, acontece também o “Seminário Arte & Negócios: diálogos sobre economia criativa no cinema e música”. Confira abaixo os horários e dias das mesas de debate.

Seminário Arte & Negócios: Diálogos sobre a economia criativa no cinema e na musica.

Abertura com Heliana Marinho – Gerente de Desenvolvimento da Economia Criativa, SEBRAE/RJ

Seminário, Quinta-feira 10h – centímetro.

MESA 01- PLATAFORMAS DE DISTRIBUIÇÃO NA WEB.
Liana Brauer. Gerente de novos negócios do Oi novo Som , multiplataforma que dá acesso para artistas independentes a novos formatos de distribuição e divulgação de seu conteúdo.
Álvaro Augusto. Gerente de Projetos em Cultura da RNP, Rede nacional de ensino e pesquisa. Que em parceria com MInC tem desenvolvido para produtores e pesquisadores uma plataforma digital capaz de suportar o desenvolvimento de projetos experimentais de softwares e hardwares.

Seminário, Sexta-feira 10h – centímetro.

MESA 02- NOVOS MODELOS DE NEGÓCIOS NA DISTRIBUIÇÃO
Felippe Llerena. Diretor Executivo do iMusica , empresa atuante no mercado de distribuição digital (web & mobile) com operações em 16 países.
Marco Aurélio Marcondes. Coordenador de distribuição do “Tropa de Elite 2”, pela Zazen Diretor Executivo da Mobz empresa de distribuição de conteúdo, mídia, games, óperas, shows, ao vivo em salas de exibição.

Seminário, Sábado 10h – centímetro.

Mesa 03 – A EXPANSÃO DA CULTURA PARTICIPATÓRIA NO CIBERESPAÇO
Fabrício Ofuji. Produtor executivo da Móveis Coloniais de Acaju, banda que grava ao vivo e com a participação publico seus clipes .É ainda organizador do livro “Olhares da rede”que se dedica a pensar novos modelos de negócios para a música.
Rosane Svartman. Diretora do filme “Desenrola” e “Tainá- A origem” , projetos que tem trabalhado com a participação do público do roteiro ao lançamento do filme.

Lançamento da cartilha “Empreendedor Individual do Funk”

Acontece hoje, na Radio Nacional, o lançamento da cartilha sobre Empreendedor Individual voltada para a cadeia produtiva do funk. Confira as informações abaixo.

Lessig e Gil comandam debate sobre música, internet e políticas públicas

O debate “Música: a fronteira do futuro – criatividade, tecnologia e políticas públicas” reuniu um time de peso no último dia 24, no Auditório Ibirapuera, para discutir cultura, tecnologia e política. Em tempos de polêmica no ECAD, no Ministério da Cultura e a necessidade de atualização da legislação de direitos autorais, uma conversa como essa faz-se fundamental, pois não somente expõe problemas, como aponta caminhos possíveis para a cadeia produtiva da música e da cultura como um todo. O evento foi realizado pelo Centro de Estudos do Auditório Ibirapuera em parceria com a Casa da Cultura Digital, o Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getúlio Vargas (CTS-FGV), co-gestor do Estrombo e o Instituto Overmundo, parceiro do Estrombo.

Depois da abertura com o vídeo Remixofagia, o professor de direito em Harvard e criador do Creative Commons, Lawrence Lessig, discursou sobre direito autoral e democracia baseada na abertura e no compartilhamento. Colocando o Brasil como um expoente importante no cenário mundial, principalmente com os avanços na gestão do Ministro da Cultura Gilberto Gil à frente do MinC, Lessig fez um apelo: “vocês no Brasil precisam pegar e nos mostrar o que pode ser feito dessa revolução. Vamos deixar o Brasil liderar essa luta novamente.”

Adiante, os participantes da mesa expuseram à plateia seus argumentos sobre as liberdades e cerceamentos que vêm ocorrendo na internet. Essa discussão cresceu bastante nos últimos meses e, atualmente, estamos em um momento crítico para debatermos essas questões, levantadas pelos palestrantes Sergio Amadeu, Ivana Bentes, Gilberto Gil, Danilo Miranda, Claudio Prado e a deputada Manuela D’Ávila.

Ronaldo Lemos, diretor do Creative Commons Brasil e coordenador do Estrombo no CTS-FGV, ponderou que “os princípios da internet como descentralização, transparência, inovação e acesso sem barreiras tem o potencial de influenciar as instituições: a política, o estado e a criação de leis”. É essa a luta que vemos tomar força nos últimos anos.

A indústria da música está diretamente relacionada aos pontos debatidos, justamente porque foi a primeira que sentiu grandes abalos com o compartilhamento de arquivos e novas formas de acesso, produção e distribuição que dispensam as vias tradicionais e legitimadas pelo mercado. Numa tentativa de frear uma situação inevitável, empresas moveram ações judiciais contra consumidores e desenvolvedores de softwares ao invés de reverem seu modelo de negócios, inoperante no momento atual. Por isso, o debate se faz necessário para encontrarmos o meio do caminho: como levar a música para esse novo cenário, sem abrir mão das nossas liberdades?

Assista o vídeo do evento aqui.

Acompanhe o Estrombo também nas nossas redes: Twitter, Facebook e YouTube.

* Com informações de Aline Carvalho.

Conheça ações e serviços que o SEBRAE/RJ oferece para a sua empresa

Venha conhecer as ações de Tecnologia que o SEBRAE/RJ oferece para a sua empresa no dia 01/09, de 14h às 18h, no Centro de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), Praça Tiradentes, 71 – Centro – RJ.

Design
Toda empresa, produto ou serviço precisa de uma identidade visual. O SEBRAE presta consultoria em design para o desenvolvimento de logomarcas, sites, cartões de visita etc.

Propriedade Intelectual
Para ter mais competitividade e sustentabilidade, uma empresa precisa registrar sua marca e/ou projeto.

Oficina de Criatividade
Como manter a criatividade ativa e desenvolvê-la utilizando técnicas simples?

Workshop de Inovação
O que é inovação e como inovar?

Metrologia
Equipamentos e instrumentos precisam obedecer normas de medição. O SEBRAE/RJ oferece consultoria de laboratórios acreditados pelo INMETRO.

A quem se destina?
Micro e pequenas empresas formalizadas da Cadeia Produtiva da Música do estado do Rio de Janeiro.

Quanto custa?
Gratuito

Como se inscrever?
Ligue para a Central de Atendimento 0800-570-0800 e informe o número da Agenda SAC 79.562

Serviço:
Data: 01/09/2011
Horário: 14h às 18h
Local: Centro de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), Praça Tiradentes, 71 – Centro – RJ.

Instituto Overmundo inicia pesquisa sobre os mercados de música no RJ

O Instituto Overmundo inicia em agosto a pesquisa “Análise de modelos de negócios praticados no mercado da música no estado do Rio de Janeiro”. A pesquisa faz parte do projeto Estrombo, promovido pelo SEBRAE RJ, SEBRAE nacional e BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento. A previsão para divulgação dos resultados é junho de 2012.

O objetivo é identificar e analisar modelos de negócios praticados no mercado formal e informal da música no estado do Rio de Janeiro, em gêneros e cenas como: samba, música eletrônica, funk, rock, pagode e gospel. A pesquisa pretende contribuir com os objetivos do projeto Estrombo que são capacitar, formalizar e apoiar pessoas e empreendimentos do ramo musical para atuarem em novos modelos de negócios e novos canais de distribuição baseados na internet e nas novas tecnologias, fortalecendo assim o mercado.

A equipe da primeira fase do projeto, responsável pela pesquisa qualitativa, já está a postos e foi selecionada com base no edital publicado no site.

Direção Executiva Instituto Overmundo

Oona Castro

Coordenação geral da pesquisa

Olívia Bandeira

Pesquisadores

Ana Carolina Nascimento

Gustavo Alonso

Leonardo De Marchi

Estagiário

Diogo Cruz Pinto

(Fonte: Instituto Overmundo)

Acompanhe o Estrombo também nas nossas redes: Twitter, Facebook e YouTube.

Farol Digital

 

Siga o @estrombo

Facebook